ervas medicinaisExiste uma infinidade de plantas com valores medicinais, são os remédios mais antigos da humanidade, e até hoje, são extremamente eficazes. As aplicações, curas, entre outros estudos relacionados às ervas medicinais, chama-se Fitoterapia.

Hoje, esse método terapêutico utiliza a parte ativa das plantas e as prepara de diversas formas, como chás, extratos, cápsulas, óleos, cremes, pomadas, florais de bach, dentre outros. Mas é importante lembrar que, existem ervas que são tóxicas e podem causar danos à sáude. Por isso, é indicado buscar sempre a ajuda profissional.

Medicina Popular

As plantas medicinais são usadas em grande escala pela população que busca alternativas mais saudáveis na tentativa de curar doenças e enfermidades. No entanto, é necessário atentar-se ao consumo das plantas que podem complicar e atrapalhar o tratamento.

Vejam as principais crendices populares relacionadas à saúde:

  • O uso do anel de uma viúva no olho para tratar o terçol (infecção na pálpebra);
  • Assustar uma pessoa quando ela está soluçando;
  • Usar batata na testa para reduzir a enxaqueca;
  • O uso de pasta de dente e manteigas para tratar queimaduras; Usar vinagre para acabar com as caspas no cabelo.

Chá: Recebe esse nome apenas o que for feito com Camellia Sinensis, uma planta que origina os chás preto, branco e verde.

Infusões: Preparadas com cascas de frutas, folhas, sementes e raízes. Elas não adicionam chá.

Veja em nosso site, as principais ervas medicinais, quais suas funções, e qual erva usar em determinadas situações, como dores, doenças e machucados.